Pelo terceiro ano consecutivo, a Unimed Piracicaba e a Via Ágil lançam um ônibus 100% adesivado alusivo ao “Outubro Rosa e Novembro Azul”. A campanha de prevenção ao câncer de mama e próstata ainda conta com o apoio da Semuttran e da Secretaria Municipal de Saúde.

int_out

Os personagens “Dona Rosa” e “Seu Bigode”, criados pelo chargista Luis Marangoni, estão de volta estampando o ônibus e alertando a população sobre a necessidade dos exames e diagnóstico precoce.

O presidente da Unimed Piracicaba, Dr. Carlos Joussef, conta que a cooperativa médica prepara para este mês uma série de ações voltadas à prevenção dos cânceres de mama e próstata. “Conscientizamos beneficiários e equipes o ano inteiro. Porém, nestes últimos meses intensificamos atividades e mobilizamos para os movimentos Outubro Rosa e Novembro Azul. Palestras e ações educativas integram nossa programação especial”.int_out_2

O ônibus irá circular nos próximos dois meses nas principais avenidas de Piracicaba. O secretário de saúde, Dr. Pedro Mello, elogia a iniciativa e acredita que ações como essas vem para somar ao trabalho realizado pelos setores públicos e privados. “A prevenção é o ano inteiro, mas nos próximos meses essa comunicação se intensifica e esse ônibus percorrendo a cidade irá chamar bastante atenção para o problema, que exige a conscientização da população para a prevenção e o diagnóstico precoce da doença”, garante.

O gerente operacional da Via Ágil, Diogenes Stenico, explica como será o itinerário do ônibus. “A cada semana iremos colocá-lo em uma linha troncal, ou seja, linhas que percorrem as grandes avenidas da cidade no sentido centro-bairro e vice-versa. Desta forma, o ônibus irá percorrer os quatro cantos de Piracicaba”.

O prefeito Barjas Negri finaliza reforçando a necessidade do exame para o diagnóstico precoce. “O quanto antes descobrir, melhor. É muito importante realizar os exames periódicos e o autoexame. A prevenção é fundamental para a garantia da qualidade de vida. Porque câncer, quando diagnosticado no início, tem cura. Mas isso depende de uma população informada e atenta aos primeiros sinais. É isso que buscamos em Piracicaba com a campanha”, finaliza.